Video demonstrativo

Guia Ilustrado

Este é o guia passo-a-passo para a amarração original modelo do Kobra™ .
A amarração depois de realizada é permanente e muito confortável, e sob condições normais demandará pouco ou nenhum ajuste ao longo do tempo.

Antes de começar
1. Nova, o solado do modelo Kobra™ apresenta uma curvatura acentuada. desconsidere o efeito "mola" inicial sentido nos primeiros kilômetros, este efeito dá a impressão de que a amarração está apertada demasiadamente. Em pouco tempo o solado se moldará ao pé proporcionando um conforto ótímo.

2. Verifique se a corda (Paracord 550) está bem encaixada nos rebaixos do solado. isto irá prevenir um desgaste prematuro das cordas.

3. toda a amarração é contínua e utiliza um segmento duplo de paracord, este semento é descrito no singular para facilitar as instruções.

4. Parabéns pela iniciativa! Ao aprender a amarrar sua sandália Kobra™ você além de estar aprendendo a confeccionar um calçado, está corroborando um design econômico e eficiente utilizado por incontáveis gerações ao longo de milênios.

Início

clip_image002
Sandália com  amarração inicial e pronta para ser calçada.
*A sandália em exemplo no guia é o modelo Cobra Clássico que embora descontinuado utiliza a mesma amarração aplicada ao modelo Kobra™.


clip_image004
1- Calce a sandália e ajuste o comprimento dos segmentos de corda do dedão e do calcanhar de modo que não fiquem apertados, para conseguir tal ajuste confira a tensão da corda ficando de pé.
2- Após ajuste inicial, passe a corda por trás do segmento do calcanhar como indicado na foto.
Caso novo o solado, observe o efeito "mola" que este produz ao pisar e levantar o pé. Sentido como um aperto extra no segmento descrito no passo seguinte este efeito é temporário.


clip_image006
3- Puxe a corda passando por cima do pé. Para maior conforto é recomendável manter a corda sem torções ao longo de toda a amarração.


clip_image008
4- Sem apertar, passe a corda por baixo do segmento do calcanhar como indicado.


clip_image010
5- Ainda sem apertar, passe a corda por baixo do segmento que sai do dedão como indicado. É necessário que o desenho triangular acima fique aparente.


clip_image012
6- Passe a ponta da corda por no meio do triângulo e por baixo do segmento que passa por cima do pé. estará formada assim a amarração em oito que irá travar todos os 3 segmentos.


clip_image014
7- Aperte moderadamente o oito ajustando definitivamente o comprimento da corda que passa por cima do pé e passe a corda por trás do calcanhar.


clip_image016
8- Do outro lado, passe a corda por baixo do segmento de corda como indicado na foto.


clip_image018
9- Puxe a corda ajustando a pressão do segmento no calcanhar, este deverá se igualar ao segmento do calcanhar presente na amarração inicial.


clip_image020
10- Passe a ponta da corda por baixo do primeiro segmento do calcanhar como indicado.


clip_image022
11- Puxe a corda suavemente formando um triângulo assim como realizado anteriormente no lado oposto. Verifique a tensão da corda no o calcanhar.


clip_image024
12- Passe a ponta da corda no meio do triângulo como indicado na foto. Estará formada a amarração em oito final que irá travar todo o conjunto.








clip_image026
13- Puxe a corda em direção ao segmento que parte do dedão apertando o oito moderadamente. É recomendável que fique uma pequena folga nos dois oitos, para permitir pequenos ajustes e um assentamento ideal da amarração com o uso.


clip_image028
14- Esta é a fase crucial. Escolhendo um ponto ideal no seu pé, passe a ponta da corda por baixo do segmento que parte do dedão dividindo-o. A corda deverá passar por baixo do primeiro segmento e por cima do segundo como indicado.


clip_image030
15- Dando uma volta por baixo do segundo segmento, passe a ponta da corda por entre os segmentos. Observe a foto.


clip_image032
16- Puxe a corda como indicado na foto, esta amarração deverá ser bem apertada para impedir que a amarração deslize ao longo do segmento que parte do dedão do pé.


clip_image034
17- Passe a ponta da corda por baixo do segmento indicado na foto, mantenha o aperto da amarração prévia.


clip_image036
18- Passe a ponta da corda por entre o segmento indicado na foto, isto criará uma trança com atrito maximizado.


clip_image038
19- A trança está formada, puxe a corda apertando bem a amarração.
O passo seguinte é opcional e tem como objetivo arrematar esta trança para impedir que ela afrouxe com o tempo, caso não queira executá-la pule para o passo 22.


clip_image040
20- faça um nó cego deixando escapar um dos segmentos da corda dupla para reduzir o volume do nó*.
* caso verifique que a corda está comprida neste ponto execute o nó usando os dois segmentos para reduzir seu comprimento.


clip_image042
21- Aperte o nó empurrando-o para a base da corda rente á amarração anterior. este nó impedirá a trança de se soltar.


clip_image044
22- Passe a ponta da corda por baixo do segmento indicado.


clip_image046
23- Faça um nó cego e aperte bem, esta amarração final impedirá que quando descalçada a sandália, os segmentos do calcanhar se embolem com o segmento da parte de cima do pé.
Você ainda pode executar mais um nó com função idêntica ao do passo 21 para travar este último caso queira reduzir o comprimento da corda.


clip_image048

Fim! Sua sandália está totalmente amarrada e pronta para ser utilizada.
Caso sinta que algum segmento está muito apertado puxe-o e verifique o novo ajuste. Nenhum segmento deverá marcar a pele e o pé deverá ficar alinhado com a sola.
Para descalçar do pé basta baixar os segmentos do calcanhar e retirar o pé da sandália preservando a amarração.


Resolução de problemas 
Problema
Causas
Soluções aplicáveis
Solado desalinhado com o pé na região do calcanhar (pé jogando para dentro)
Segmento que parte do dedão do pé muito apertado.
Afrouxe o segmento puxando para um pequeno ajuste, ou refazendo a amarração.
Pé ficando com marcas
Amarração apertada/ pé inchado.
Afrouxe a amarração
Pé escorregando para frente
Segmentos do calcanhar muito apertado "empurrando" o pé.
Afrouxe os segmentos
Corda com desgaste prematuro nas regiões laterais
Aperto desigual entre os segmentos da corda dupla ou corda embolada.
Balanceie a tensão dos segmentos e faça o ajuste nos rebaixos do solado.
Amarração embolada.
Acondicionamento descuidado da sua Sandália.
Refaça a amarração

Sugestão para lavagem
A melhor maneira de lavar a sandália preservando a amarração é fazê-lo com a sandália calçada no pé. Use sabão neutro e uma escova para esfregar as cordas e solado e após enxaguar deixe secar nos pés ou descalce e coloque secando à sombra. O Paracord 550 seca muito rápido.

Considerações finais
A sandália Kobra™ assim como qualquer outra huarache no desenho indígena tradicional "Pata de Gallo", invariavelmente demanda minuciosos ajustes que devem ser realizados pelo usuário a fim de se conseguir uma perfeita sintonia da sandália com o pé, esta tarefa é muito enriquecedora e o resultado final é permanente e magnífico, porém exige esforço e dedicação.
Depois de feita a primeira amarração um período de amaciamento é necessário. Um perfeito encaixe da sandália com o pé é obtido depois do km 30 ou uma semana de uso, após este período um aperto da amarração poderá ser necessário devido ao Paracord 550 lacear em torno de 5%.
FIM
Guia Kobra™ 2014. Todos os direitos reservados.